. Dos que acreditam é o poder da Fé. E dos que esperam é o da Justiça. E entre um e outro há a luta!
 

Amigo Barata, ja li tua poesia e confirmo aquilo que ja te tinha dito quando li no teu blog tua poesia, fiquei bastante surpreendido porque tu vais até atingir um certo limite na poesia...todas as portas que se fodam...tenho uma preferencia para a parte troco poesia por sexo...porque acho que é aí que tu fodes todas as portas..todos os limites...é cruel...grosso...sin não é pra todos ...é preciso saber abrir as portas da poesia...quem não sabe não chega lá!...a verdadeira poesia é ultrapassar todas as barreiras tu conseguiste isso, ser poeta é ser mal querido...mal amado...mal pago e fodido...essa frase resume bem tua poesia no poema poesia marginal...adoro o poema fedidas e fodidas...um verdadeiro hino aos porcos chafurdando na merda! tu poesia é uma bomba cheia de emoções e verdades deste mundo porco!...onde surge um cheiro de putas e bundas imundas...as bucetas são vencidas por tua poesia. Desejo-te...que realmente uma editora veja tua obra...mereces ser publicado...muito mais que certos merdas que se dizem poetas e são apenas merdas sem gosto. Forte abraço amigo Barata
Carlos Manuel - Leitor - Portugal
--------------------------------------------------------------------------
Estou lendo teu blog..tudo aquilo que fazes..meu Deus vou te tratar de senhor...fico de boca aberta ou fechada...nem sei..te dou meus parabens es um mestre do rock underground...adorei ler o colecionador me identifico bastante contigo sobretudo na coleção de tristezas...adorei...continua nunca pares...tens uma obra monumental..

acho k tens um verdadeiro estilo que sai das tuas tripas...isso é bom...super postivo...qdo eu li tua obra disse pra mim mesmo nem o Bukowski escreveu assim...
Carlos Manuel - Leitor - Portugal
--------------------------------------------------------------------------
Meu amigo Barata Cichetto é sem duvida uma das pessoas mais produtivas e criativas que tive a honra de conhecer no meio alternativo. Para mim, é uma inspiração ver seus lançamentos, seus projetos e sua forma ”Faça Você Mesmo”, de ousar e fazer acontecer. O alternativo precisa sem duvidas de mais Baratas com sua ousadia e criatividade.
Azriel F. Dutra - The Funeral Of Tears - Fortaleza – CE
--------------------------------------------------------------------------


In(con)victus
Barata Cichetto


I'm the master of my fate, the captain of my soul! - William Ernest Henley

Minh'alma é fragata pelos mares perdida
A deriva, feito mão por pedido estendida.
O meu destino perde a esperança do porvir
E deriva do choro de criança que há de vir.

Às sereias jogam traidores, poetas ao fundo
Nau dos piratas caolhos ao redor do mundo
E se não for por seu meu aquilo que mereço
Prefiro a sepultura sem lápide nem endereço.

Se lamento por ser indigno dos portos além
Nunca nesses lamentos ouso acusar alguém,
Pois se há na terra quem espere pelo meu fim
Esse alguém que espere muitos antes de mim.

Ah, e a minha luta, quanto luto foi meu custo
Que deveras mereço uma estátua ou um busto
E se minhas lágrimas ao porão do barco imunda
Deixo que ratos roam até as carnes da tua bunda.

19/06/2018




(11) 96358-9727

A Barata - O Site-+
Fest'As Baratas
A Barata na Mídia
Barata Cichetto, Quem É?
Depoimentos
Fotos
Poemas Por Título
Por Livro
Por Data
Com Áudio
Musicados
Com Vídeo
Livros Impressos
Convergências
PQP - Puta Que Pariu
Sub-Versões
Videos
Webradio
A Barata Ao Vivo
Biografi'As Baratas
Discoteca d'A Barata
Ensaios Musicais
1a. Coletâne'A Barata
2a. Coletâne'A Barata
Festival Música Independente
Coletânea Gatos & Alfaces
Artesanato
Camisetas
Gatos & Alfaces
Revist'A Barata
Pinturas
Pi Ao Quadrado
Arca do Barata
Contos d'A Barata
Crônic'As Baratas
Entrevist'As Baratas
Fal'A Barata!
Resenhas de Filmes
Resenhas de Livros
Micrônic'As Baratas
Ataraxia
Crom
Kakerlak Doppelgänger
Madame X
O Anjo Venusanal
Ponto de Fuga
Pornomatopéias
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Seren Goch: 2332
Tublues
Vitória

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos "Barata" Cichetto e registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor. Bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade".

 On Line:  183